terça-feira, julho 10, 2007

Dão-lhes asas pra voar...
só uns sabem pró que servem.
Outros sabem como usar...
Outros não.

Uns imaginam a lua...
outros tocam-lhe com a mão.
Outros vão além da rua...
Outros perdem.

A diferença está em nós.
Dessa massa que nos faz
prender ou soltar a voz...
Ser capaz!

E tu sabes ter magia.
A espuma da esperança
e o brilho da alegria
de criança…


A diferença está em ti…
nos teus passos decididos.
Nos teus planos desenhados
e cumpridos…

A diferença está em ti…
que não paras de sonhar.
Porque a força dos teus sonhos
é andar...

Porto, 10 de Julho, à nossa afilhada Ana Sofia Rocha, que hoje deu um passo, firme e decidido em direcção ao mundo...

7 comentários:

Um Ar De... disse...

Eu sei que ela merece...
Mas este poema é uma enormíssima prenda.
É uma lembrança inesquecível.
Parabéns, também, ao poeta.

Anita disse...

Parabéns ao poeta, ao padrinho, ao Dádá!!!!

Lindo, só!

Beijo e obrigada por tudo.

Meg disse...

É que não sei do que se trata mesmo, só sei que uma imensa ternura transborda das palavras... isso garanto
Um abraço

Eduardo Leal disse...

Trata-se de uma homenagem à Anita (em cima) que defendeu tese de mestrado e foi brilhante...
... e é a minha afilhada...

residente disse...

A população de uma rua da cidade de Almada está indignada com a falta de ética política e desrespeito a compromissos assumidos por alguns autarcas, nomeadamente a Presidente da CMAlmada, que não querem respeitar uma decisão democrática do Governo, a favor dos residentes locais.
Aceda a http://triangulodaramalha.blogspot.com e veja as razões dos moradores.
A imprensa escrita não divulga actualmente esta atitude antidemocrática da Presidente da Câmara e seus acompanhantes.

C Valente disse...

Só pemas de encantar
saudações

J.G. disse...

Belíssimo poema, com toda a sinceridade o digo!

E parabéns à Anita, pelo mestrado e por ter um padrinho que lhe dedica tão bonitos versos!

Um abraço

Jorge G.