sábado, agosto 01, 2009

Atravessei desertos
senti a chuva fria
o sol ardente.
Vivi a solidão
e o inferno das mentiras, dia a dia.

Senti a dor nas costas
a boca seca.
Os olhos rasos
dos rios todos que esqueci.
Mergulhei no mais fundo de mim.

Foi aí que te encontrei
e decidi...

Peguei na minha cruz
e fiz um barco à vela.

Tu deste o vento!

3 comentários:

Beatriz disse...

Gostei

POESIA... disse...

Te espero aki.......... Cantinho Poético

http://amorepoetico.blogspot.com/


Obrigada................Beijussssssssss

rosa disse...

Poemas sentidos !!!

Parabéns!!!
Felicidades !!!


Abraço poético,
lhe deixo

Rosa dourada